Todo gestor pode se beneficiar do dashboard, ferramenta que apresenta os dados relativos a uma empresa em uma interface gráfica e organizada. Para que isso aconteça, o dashboard trabalha organizando, cruzando e apresentando dados sobre o negócio de forma simples e interativa na tela do computador, smartphone ou tablet.

Com essas informações na tela, a compreensão é facilitada e o gestor pode tomar decisões de forma mais rápida e estratégica para o negócio. Os dashboards também permitem acompanhar com transparência os processos da empresa e facilitam muito a comunicação entre toda a equipe de trabalho. Por isso, esse recurso vem se tornando cada vez mais popular e importante dentro das organizações corporativas.

Neste artigo, vamos tirar todas as suas dúvidas sobre o dashboard. Confira!

Dashboard e Balanced Scorecard são coisas diferentes

É comum haver confusão entre os conceitos de Dashboard e de Balanced Scorecard (BSC). Mas não é difícil entender a diferença: enquanto o dashboard apresenta as informações de um determinado momento, focando em públicos específicos dentro da organização, o BSC trabalha para atingir os objetivos determinados, mostrando a evolução ao longo do tempo.

As duas ferramentas são muito úteis em ambientes corporativos e podem ser usadas em convergência. Já existem produtos que unem essas funcionalidades, conhecidos como dashboards de avaliação.

Comunicação acima da beleza

O objetivo de um dashboard é oferecer informações úteis, de forma clara e simples, para que uma decisão possa ser tomada rapidamente. 

Apesar de se valer de recursos gráficos para apresentar essas informações, a real preocupação que devemos ter com o dashboard é se a mensagem está chegando de forma precisa, fácil de ser entendida.

O truque, aqui, é prezar pela simplicidade e organização. Figuras, cores e outros recursos em excesso atrapalham e tiram o foco da leitura. Vale sim se preocupar com o layout de uma página, posicionamento das informações, entre outros pontos. Porém, mantenha o foco sempre no objetivo do uso de um dashboard.

Tela única é a melhor opção

Usar mais de uma página para visualizar as informações do dashboard não é uma boa ideia. Ao concentrar os dados em uma única página, o leitor vai conseguir ver e analisar os resultados apresentados de forma bem mais prática e rápida.

Personalização e filtros são fundamentais

Cada empresa tem suas especificidades, assim como cada pessoa e setor dentro da organização. Essas necessidades variam conforme muda a área de atuação de uma equipe e, por isso, as informações fornecidas pelo dashboard devem ser personalizadas para que os dados sejam relevantes para a tomada de decisão.

Nessa mesma linha de raciocínio entram os filtros de informações: de nada adianta ter dados em excesso em um dashboard se eles não são úteis a ninguém.

Sem os filtros, os colaboradores que usam o painel perderão tempo com a análise de dados indevidos. Portanto, empregue o uso desse recurso para manter as informações de seu dashboard sempre relevantes para sua empresa.

Atualização em tempo real

Na era da comunicação instantânea a atualização de informações e análise de dados também se tornam imediatas. Hoje, já é possível ter esse processo de atualização automatizado e o dashboard, se tiver seus dados armazenados em nuvem, permite o acesso às informações a partir de qualquer dispositivo eletrônico com internet.

Com essas funcionalidades e agilidade, tanto colaboradores quanto gestores terão mais facilidade para acessar e analisar as informações e escolher os próximos passos da organização para o sucesso.

Quer saber mais sobre como o dashboard pode ajudar seu negócio? Baixe nosso e-book e entenda o que a ferramenta pode fazer para sua empresa!