Qualquer empresa que deseje ter vantagem competitiva no mercado precisa obrigatoriamente investir em tecnologia. Ela é capaz de otimizar diversos setores da empresa e auxiliar os gestores a tomar melhores decisões no negócio.

Porém, nem sempre o processo de implementação dessas tecnologias é algo simples. Resistências por parte dos funcionários são bastante comuns e isso prejudica muito o rendimento e produtividade da empresa, além de causar muito estresse e insatisfação.

Nesse post, traremos 5 dicas de gestão sobre como implementar novas tecnologias em sua empresa. Confira! 

Comece com as pessoas, depois a tecnologia

Nunca inicie a aquisição de uma nova tecnologia para sua empresa sem preparar seus funcionários para ela. Para que haja colaboração, é necessário vender a visão de futuro da organização para as pessoas que irão utilizá-la no dia a dia, deixando clara a necessidade de adoção da mesma.

Crie reuniões para abordar os planos da empresa e seja transparente na comunicação, procurando sempre abrir espaço para o diálogo. Esclareça todas as dúvidas que surgirem para evitar mal-entendidos e divulgação de informações erradas entre colaboradores.

Prepare a equipe antecipadamente

Muitas empresas cometem o equívoco de investir muitos recursos na tecnologia e pouco nas pessoas que irão operá-la, tornando-a subaproveitada. A forma mais simples de evitar que seu investimento não seja completamente aproveitado é oferecer treinamentos que ajudem a equipe a compreender e manusear a nova ferramenta.

Quando não for possível realizar o treinamento com a equipe completa, escolha aquelas pessoas mais dispostas a se capacitar, para que transmitam o conhecimento aos demais colegas.

Identifique os early adopters 

Toda empresa possui aquele funcionário que se mostra mais curioso e disposto a aceitar e encarar novos desafios: são os chamados early adopters.

Esse perfil de funcionário é uma peça chave ao começar a implementar mudanças na empresa, pois eles se adaptam rapidamente às mudanças, possuem facilidade de aprendizado e podem transmitir essa filosofia para os demais funcionários, ajudando, por exemplo, na consolidação do emprego das novas tecnologias.

Deixe claro que a tecnologia não substituirá ninguém

É importante sempre reforçar com a equipe que a tecnologia não tem o objetivo de substituir pessoas, e sim de facilitar e automatizar processos e tarefas.

Deixar claro o caráter complementar da tecnologia é primordial, pois isso ajudará, e muito, a diminuir a resistência às transformações, ao passo que elimina dúvidas que geram medo de substituição.

Outras dicas de gestão

Não basta ter bons sistemas e tecnologias: a implementação de algo novo em sua empresa precisa ser de fácil acesso e utilização para que isso não acabe se tornando um impedimento em seu uso diário.

Atualmente, com a tecnologia em nuvem e interfaces intuitivas, fica mais simples adquirir sistemas que efetivamente ajudem sua empresa e, ao mesmo tempo, sejam de fácil adaptação interna.

O Organizer, por exemplo, é uma ferramenta voltada para o Gerenciamento Eletrônico de Documentos, Automatização e Otimização de Processos e COMEX, simples e flexível. Com os módulos do Organizer, sua empresa pode alcançar resultados muito mais expressivos. Clique aqui para conhecer mais.

Agora que você já sabe como implementar novas tecnologias em sua empresa, compartilhe esse conteúdo nas redes sociais para que seus amigos também acessem nossas dicas de gestão!