Toda empresa que se pretenda rentável começa suas atividades com o planejamento de seus objetivos e estratégias para alcançá-los. Porém, nem sempre as metas traçadas emplacam na realidade do mundo dos negócios, acabando por não sair do papel.

Você também observa tal dificuldade no cotidiano da sua companhia? No post de hoje ensinamos como planejar metas com eficiência, a fim de possibilitar o desenvolvimento das atividades e crescimento do negócio. Acompanhe.

1. Vá além dos números para planejar metas

Ao dar início ao seu planejamento estratégico, certifique-se de que não está se atendo apenas aos números da organização, como análise de fluxo de caixa, valores gastos com colaboradores, matérias-primas e afins.

Para planejar com eficiência, você deve ter também o cuidado de mapear as estruturas da empresa e avaliar a necessidade de otimização de modelo organizacional, comunicação e serviços. Assim, você fortalece a marca e melhora sua imagem no mercado, abrindo margem para sua divulgação no mercado.

2. Analise o histórico da empresa

Ao mapear a empresa, você deve levar em consideração também o seu histórico, a fim de criar projeções mais apuradas para o futuro. O ideal é que se considere ao menos os erros e acertos do último ano, realizando um levantamento do que pode ser aperfeiçoado e os riscos que podem ser diminuídos.

Para cumprir essa tarefa, conte a ajuda do seu time e com a participação de seus colaboradores: são eles que mais vivenciam as dificuldades no cotidiano da organização. Logo, eles podem ter boas sugestões e ideias criativas para otimizar procedimentos e aumentar a lucratividade.

3. Use a tecnologia a seu favor

Já reparou que todas as grandes empresas automatizam cada vez mais os seus processos e investem em tecnologia? Essa coincidência não é à toa. Apoiar-se em ferramentas de TI confere agilidade, praticidade e segurança ao desempenho das atividades do negócio.

Hoje em dia, diversas soluções, softwares e aplicativos podem auxiliar na elaboração e controle de metas, sendo extremamente úteis para o diagnóstico e avaliação de seu cumprimento. Fica bem mais fácil alcançar seus objetivos podendo visualizá-los para além da própria cabeça.

4. Estabeleça metas possíveis

De nada adianta criar todo um planejamento estratégico se as metas ali delineadas não são, ao menos, tangíveis. Por exemplo: você determina que sua companhia deverá faturar 1 mi no próximo ano. Isso é possível? O mercado permitirá? Há meios de garantir o cumprimento do objetivo?

Se a resposta para qualquer das respostas for apenas talvez, é melhor repensar o seu plano. A definição de metas inalcançáveis é desaconselhada, uma vez que trazem apenas frustração para o empreendedor. Elas devem ser factíveis: nem tão altas, nem tão baixas.

5. Faça uma reavaliação das metas periodicamente

Não basta definir metas tangíveis: é necessária a constante avaliação de seu cumprimento, inclusive junto aos colaboradores, bem como sua revisão periódica, uma vez que a realidade da empresa de um dia pode não ser mais a mesma no mês seguinte.

Tenha sempre em mente que, na maioria dos casos, é um bom sinal que as metas tenham que ser mudadas antes do esperado, já que isso normalmente significa que foram cumpridas antes do prazo estipulado para tanto. Afinal, o principal objetivo das metas é possibilitar o crescimento do negócio.

O principal produto da Zaptrade é o Organizer. Uma plataforma Web de gerenciamento de processos e documentos eletrônicos, que tem como principal proposta de valor gerar economia por meio da padronização, organização e otimização dos processos de trabalho. Conheça o Organizer e veja como planejar metas pode ser muito mais fácil!